quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Racha e vai...

Indiferente ao conhecido lema “Vai ou racha”, Miguel Roque Bouça conjuga a qualidade de mordomo-mor da Confraria dos Rojões da Bairrada com Grelo e Batata à Racha com o estatuto de candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal de Águeda.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Pires aflige Coelho

A hipotética candidatura (independente) de Norberto Pires à presidência da Câmara Municipal de Coimbra (vide a anterior edição do “Campeão”) está a afligir o líder do PSD, Pedro Passos Coelho.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Guarda-redes “salva” árbitro... do ridículo

Um conhecido árbitro turco assinalou, anteontem, uma grande penalidade por mão de um... guarda-redes, mas o goleiro «salvou» Cunyet Çakir do ridículo.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Voto de Valido



Frederico Valido (em primeiro plano, na foto), presidente do Núcleo de Veteranos da Briosa, gracejou, no sábado (17), fazendo uso de simbolismos correspondentes aos títulos de duas peças de teatro em que intervém o ex-futebolista Victor Fernandes, “O Brasfemes”.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

rICA argumentação

A empresa Indústria e Comércio Alimentar (ICA), que serve refeições escolares em parte do concelho de Coimbra, considerou, anteontem, que tem sido vítima de “várias tentativas de denegrir” a sua imagem, ofuscada, diga-se, em abono da verdade.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Mobilidade



O clube de “fãs”das “Vinagretas” fez-nos chegar duas fotos que ilustram uma situação, em Souselas (Coimbra).

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Nem o cinema escapa à (in)cultura


A organização dos Caminhos Film Festival ficou desolada ao ver a destruição de um 'outdoor' colocado na praça da República, em Coimbra, que aconteceu na madrugada do passado dia 10.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Fisco recebe em cêntimos


Como forma de protesto, Carlos Mendes, alegadamente possuidor de uma divída de 7 099,41 euros à Autoridade Tributária, vai liquidar o montante apenas com moedas de um, dois e cinco cêntimos.